Percursos da Memória 2017

 22 de abril

cartaz sabor douro a4

 Sabor do Douro

pelos caminhos do ferro, passado e futuro

A razão de que nos leva a voltar à rede ferroviária do Douro é duplamente evidente. Por um lado o valor patrimonial e histórico do facto em si versus o abandono deliberado, irresponsável e (in)justificado, parecendo tratar-se de um desígnio planificado e assumido, por outro o facto de este ano se juntarem uma série de datas evocativas, que deveriam ser de celebração e regozijo e são oficialmente ignoradas e entristecidas.

Continue a leitura